Lisbon Heritage | Vidal 59
15614
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-15614,bridge-core-1.0.2,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-theme-ver-18.0.4,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive

Vidal 59

About This Project

A Lisbon Heritage, Lda procura em cada projeto superar o anterior. Este projeto foi o espelho da nossa ambiçãodedicação esforço para que o apartamento se torna-se um imóvel único e irreverente na cidade de Lisboa.

Este apartamento faz parte de um prédio antigo bem no coração da capital, na Rua Angelina Vidal, onde os turistas passeiam de eléctrico na velha Lisboa.

Por fora o prédio tem o apelo típico de construção antiga renovada e era preciso que os interiores lhes fizessem jus. Esse trabalho foi executado por nós, a Lisbon Heritage, Lda é uma empresa especializada na transformação de espaços antigos, vazios e despersonalizados em ambientes confortáveis e acolhedores. Ela tem como mote preservar o passado, (re)construir o presente, permanecer no futuro. O resultado do projeto é um apartamento que honra o nosso nome.

Começamos por mostrar a entrada do apartamento que se faz diretamente para a sala de estar. Este espaço brilha com o seu ar renovado, mas mostra claramente o estilo vintage que denota a sua antiguidade. Os painéis de lambris das paredes são evocativos de outras épocas e um excelente mote para uma decoração romântica um pouco vitoriana.

A sala confina com a cozinha em espaço aberto, mas tem uma separação cheia de estilo neste painel vazado feito com traves rústicas que dão muito carácter ao ambiente. Este elemento não é discreto, pelo contrário, afirma-se como um ponto fulcral de onde pode partir a estética final do ambiente.

A cozinha é uma deliciosa mistura entre o moderno e o retro, que encaixa como uma luva na estética e funciona como uma a extensão necessária ao tom antiquado da sala. Mantém um ar típico mas é diferente, estabelecendo uma continuidade temática através dos azulejos evocativos do imaginário nacional e projetando-se no futuro pelos armários modernos, em madeira e branco.

O pavimento de pinho natural satisfaz a necessidade de manter os materiais mais próximos dos originais, e contribui para a imagem planeada.

No corredor que dá acesso às áreas mais privadas, vindos da cozinha, o ar de renovação permanece através da brancura das superfícies e da maravilhosa iluminação embutida, mas o passado está bem presente. Na parede uma janela permite descobrir processo de construção do apartamento e interliga o passado e o presente numa só imagem, conectando os moradores à história da casa.

A suíte ficou um espaço encantador, com um toque de passado e um olho no futuro. Este espaço apresenta os mesmos frisos na parede e a roseta no tecto, como na sala de estar, mas ganhou destaque moderno com uma das cores tendência mais atuais (o verde seco) e iluminação embutida em sancas. No seu todo, o ambiente tem um ar tradicional mas simultaneamente irreverente, que nos pareceu muito original.

Na casa de banho as linhas modernas tomaram conta do espaço, mas nem assim o retro foi esquecido. O voluptuoso toque do mármore nacional ganhou forma para criar uma bonita pia de lavatório que ganha destaque através do espelho de moldura dourada.

O conjunto une mais uma vez o clássico e o moderno de forma inusitada, mas equilibrada e harmoniosa.

No outro quarto a alvura do branco invadiu o espaço, dilatando-o visualmente, mas os detalhes clássicos continuam bem presentes, a oferecer o seu ar romântico tão delicado.